Cálculo Imposto de Renda 2022: Calcular Valor do IRPF (Simulador)

Cálculo Imposto de Renda 2022 – Apesar do programa da receita federal fazer a determinação automática do valor que deve ser pago pelo contribuinte no Imposto de renda 2022, é bem interessante que o cidadão saiba como funciona o cálculo Imposto de Renda 2022. Fazendo o cálculo antecipadamente, você consegue saber se há possibilidade de restituição ou não.

Cálculo Imposto de Renda 2022
Cálculo Imposto de Renda 2022

Cálculo Imposto de Renda 2022

O cálculo do Imposto de Renda varia bastante de acordo com todos rendimentos auferidos pelo contribuinte ao longo do ano. Sendo que na tabela usada para a determinação do tributo a ser pago, as alíquotas são apresentadas de forma progressiva.

Isso significa que quanto maior for o rendimento do contribuinte, maior também será a alíquota aplicada, e como consequência disso, o imposto também será maior. Lembrando que as alíquotas não são aplicadas a cidadãos que fazem parte da lista de isentos.

A fórmula usada para a determinação do valor do imposto de renda também leva em conta o tipo de desconto aplicado:

  • Existe a declaração simples (que não leva em consideração as despesas apresentadas pelo contribuinte)
  • E a declaração completa (que considera todas essas deduções).

Para mais detalhes, confira sobre como saber o valor do seu imposto, confira o simulador imposto de renda 2022.

Alíquotas para cálculo Imposto de Renda 2022

O cálculo do valor do imposto de Renda 2022 é realizado de acordo com as alíquotas de contribuição do cidadão.

O imposto pode ser descontado direto na folha de pagamento, de acordo com a tabela IRRF 2022, ou pago de uma só vez, durante a declaração de ajuste anual. Veja a seguir as tabelas de contribuição para cada caso:

Alíquotas para desconto mensal do Imposto de renda:

Alíquota mensal
De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 7,5%
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05 15%
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 22,5%
Acima de R$ 4.664,68 27,5%

Alíquotas para rendimentos anuas do IR:

Base de cálculo (R$) anual Alíquota (%)
Até 22.847,76
De 22.847,77 até 33.919,80 7,5
De 33.919,81 até 45.012,60 15
De 45.012,61 até 55.976,16 22,5
Acima de 55.976,16 27,5

Como Calcular Imposto de Renda

O cálculo Imposto de Renda no modelo completo pode ser feito da seguinte forma:

  • Primeiro faça o somatório de todos os rendimentos que são tributáveis;
  • Em seguida subtraia desse valor todas as despesas dedutíveis que devem ser inclusas na sua declaração;
  • O resultado obtido do cálculo anterior deve ser usado como a base de cálculo do Imposto de Renda. Ou seja, é sobre este valor que deverá ser aplicada a alíquota definida para cada faixa de rendimento anual (pela multiplicação dos valores);
  • Em seguida é feito o desconto do imposto de renda que deveria ter sido pago pelo contribuinte. Se o resultado não for positivo, o cidadão será obrigado a pagar a Receita Federal. Agora se o valor for superior a zero, o fisco fará a restituição do valor excedente.

O cálculo Imposto de Renda no modelo simplificado pode ser feito da seguinte forma:

  • Primeiro é preciso consolidar todos os rendimentos tributáveis recebidos ao longo do ano (como salários, ganhos de atividades autônomas e aposentadorias), sem incluir os rendimentos isentos;
  • O valor total tributável observa um desconto de 20% (a dedução é limitada a R$16.754,34).
  • O resultado da dedução é a base de cálculo sobre a qual o fisco aplica a alíquota do imposto de renda 2022 definida na tabela;
  • Em seguida a Receita faz a comparação do resultado com as reais contribuições do cidadão para ver se a possibilidade de restituição do Imposto de Renda 2022 ou acréscimo do valor já pago.

Quem Deve Declarar Imposto de Renda

Somente os cidadãos que estão num dos grupos definidos pela Receita Federal é que devem declarar Imposto de Renda 2022, são eles:

  • Quem auferiu de rendimento superior a R$ 28.559,70 em renda tributável no ano base;
  • Quem recebeu um valor superior a R$ 40 mil em rendimentos isento;
  • Quem teve rendimento superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem possui bens que em conjunto somam mais de R$ 300 mil;
  • Quem fez transações na bolsa ou teve ganho com a venda de bens.

Deixar uma resposta